19 DE JUNHO – DIA DO CINEMA BRASILEIRO – CONHEÇA A HISTÓRIA DO CINE CAXAMBU

121

Os primeiros cinemas de Caxambu

A primeira exibição de cinema no Brasil foi no dia 8 de julho de 1896, no Rio de Janeiro. Naquela época os filmes tinham cerca de 1 minuto e eram projetados em uma sequência mínima de 2 filmes. Em Minas Gerais, a primeira cidade a exibir filmes foi Juiz de Fora, no Teatro Juiz de Fora, em julho de 1897.

Quase 20 anos depois, por volta de 1916, na administração de Camilo Soares (1912-1916), acontecem grandes reformas urbanas em Caxambu e então finalmente a cidade passa a ter um cinema, na verdade dois: um cinema que era teatro e o outro que era rádio, cujos nomes eram Cinema-Theatro e Radium-Cine, respectivamente.

O Cinema-Theatro era administrado por Saturnino Vital Santos e localizado onde é hoje o atual prédio do Cine Caxambu (na Praça 16 de Setembro). Uma curiosidade é que os filmes eram mudos e interrompidos por conta das fitas de celuloide (tipo material termoplástico). Já, o Radium-Cine pertencia a Antônio de Paiva e especula-se que o local projetava filmes e ao mesmo tempo fazia transmissões de rádio.

Construção do Cine Caxambu

A construção do Cine Caxambu (atual cinema), teve início após a vinda do Presidente Getúlio Vargas e sua mobilização para conseguir recursos federais para realizar a obra e foi construído no mesmo local que está instalado até hoje, próximo à Praça 16 de Setembro.

Depois de 3 anos, as obras foram concluídas (ano de 1939) e apesar de sua inauguração oficial não ter sido realizada no mesmo ano, o local já era palco de comemorações políticas, cívicas e estudantis. A primeira seção aconteceu em 25 de janeiro de 1940.

Em 16 de setembro de 1940, aniversário de Caxambu, foi exibido o filme “E o Vento Levou”, em várias seções, com entrada gratuita para os caxambuenses. E uma curiosidade muito interessante é que apenas duas seções foram exibidas no Brasil: a primeira foi em Caxambu e a outra no Rio de Janeiro.

(Fonte: Blog Família Ayres)

Instalações do Cinema

Inspirado em art déco, réplica de um cinema francês, seu interior tem as paredes revestidas de uma areia especial que remetem o brilho de estrelas quando a sala fica na penumbra. Tem capacidade para aproximadamente 245 pessoas, possui uma tela ampla de 10 x 3,5 metros (o que permite com que as pessoas tenham uma boa visão de qualquer ângulo).

 

Os filmes eram projetados pelo Passador de Película e posteriormente pelo Projetor de Película. Mas aqui em Caxambu, há 7 anos que os filmes são reproduzidos pelo Projetor Digital, o que chamamos de formato “Cinema Digital”.

(Esquerda para direita: Passador de Película, Projetor de Película e Projetor Digital)

Atualmente, a frequência das sessões é dividida de duas formas: 2 filmes em cartaz durante a semana e 3 no fim de semana. Quanto a sua duração em cartaz, tanto infantil quanto adulto, pode variar de 2 semanas a 1 mês. Depende da audiência. Já a chegada dos lançamentos na cidade é imediata após lançamento nacional. O que determina se o filme permanecerá mais de 2 ou 3 dias em cartaz, é a procura.

O Cine Caxambu funciona de terça-feira a domingo, com ingressos a R$20 (inteira) e R$10 (meia) respeitando as leis que possibilitam a apresentação de carteirinhas de estudantes, professores, militares e idosos acima de 60 anos.